Como dar o lance correto para ser contemplado no consórcio? Confira dicas.

Antecipar o valor pode ser uma das formas de obter sua carta de crédito antes do prazo.

Publicado em 25/05/2024 por Rodrigo Duarte.

Anúncios

Um dos grandes motivos que levam as pessoas a escolher um consórcio para a compra de determinados bens em comparação com o financiamento, por exemplo, é a possibilidade de adquirir o bem pagando taxas de juros menores e coma possibilidade de obter a carta de crédito antes mesmo do término do pagamento.

Como dar o lance correto para ser contemplado no consórcio? Confira dicas.

Os consórcios precisam seguir uma série de regras definidas para o funcionamento deste sistema de uma forma geral. E uma delas obriga que os grupos concedem pelo menos duas contemplações de cartas de crédito de forma antecipada: uma delas através de um sistema de sorteio, e a outra através de um sistema de leilão, contemplando o cotista que oferecer o melhor lance me situações chamadas de assembleias.

Contar com a sorte pode ser uma possibilidade, ou então utilizar o consórcio como apenas uma ferramenta que facilita a pessoa de fato guardar dinheiro para a compra de um determinado bem. Mas as opções relacionadas aos lances acabam sendo mais interessantes, pois de fato o cotista acaba tendo um maior controle em relação a forma como ele vai obter este crédito.

A grande dificuldade é que o sistema de lances funciona normalmente como um leilão secreto. Ou seja, cada um dos participantes do grupo de consórcio acaba tendo a possibilidade de fazer o lance de um determinado valor. Caso seja o maior daquela assembleia, ele utiliza este valor para abater do saldo restante, segue pagando a carta e já pode ter o crédito para a compra do bem.

Caso aquele lance ofertado não seja o contemplado na assembleia em questão, o cotista acaba utilizando aquele valor para descontar do saldo devido, e segue com os pagamentos normais.

Confira algumas dicas interessantes que podem facilitar na hora de definir o valor que será dado em um lance para antecipação da carta de crédito:

Entenda as regras

Antes de mais nada, é fundamental que as pessoas entendam de fato o funcionamento do consórcio antes da adesão. É importante ler atentamente todas as regras definidas pela empresa escolhida, mesmo que existam regras que regularizam o sistema de uma forma geral. Somente assim o cotista terá uma base sólida para conseguir planejar o lance que será ofertado.

Acompanhe os lances do grupo

Mesmo que, na assembleia que está acontecendo no momento, garanta que os lances sejam sigilosos, até mesmo para garantir que todas as pessoas possam concorrer em igualdade, todos os cotistas acabam tendo o direito de obter informações referentes a média de lances que estão sendo dados ao longo de toda a história do grupo, inclusive com dados históricos dos contemplados.

Essa acaba sendo uma forma muito interessante de ter uma base de quais são os valores que estão conseguindo a contemplação da carta de crédito de forma antecipada.

Leve em consideração o perfil do grupo

Uma outra característica que acaba interferindo no momento do lance é o perfil de participantes do grupo. A empresa que administra o consórcio também pode dar algumas informações genéricas sobre os participantes, sem entrar nos detalhes específicos de cada pessoa individualmente.

Grupos mais homogêneos tendem a ter lances mais próximos. Em grupos heterogêneos, pode haver maior variação nos lances. Grupos com participantes de maior poder aquisitivo podem ter lances mais altos.

Avalie a possibilidade do lance embutido

Muitas empresas que administram consórcios também oferecem algumas outras possibilidades de dar este lance, como o parcelamento do mesmo. Desta forma, as pessoas conseguem pensar em uma oferta que pode ser maior, mas ao mesmo tempo não comprometa o seu orçamento. Lembrando que, nestes casos, muito provavelmente os cotistas terão que conviver com o pagamento de duas parcelas por mês, a do lance e a do consórcio convencional.

Identifique os meses menos concorridos

O fator tempo também pode acabar sendo considerado importante para definir a escolha do valor do lance. Uma dica interessante é a de fugir daqueles meses que podem ser considerados como os mais concorridos, que acabam sendo aqueles que normalmente existe uma entrada adicional de dinheiro na economia, como o fim de ano, com o 13º salários, e períodos mais convencionais de férias, que os trabalhadores também recebem alguns adicionais.

ESCRITO POR: Rodrigo Duarte - Jornalista formado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), com especialização em Marketing Digital.
Faça login
ou
Criar conta
ou
Recuperar acesso

Informe o seu e-mail para que possamos enviar novas instruções de acesso.