Freelancer: como preparar uma transição para uma empresa formal?

Confira um guia que ajuda a preparar o profissional para essa nova forma de atuação no mercado.

Publicado em 09/07/2024 por Rodrigo Duarte.

Anúncios

A modalidade de freelancer, na prática, sempre existiu nas relações de trabalho. Do ponto de vista prático, da prestação de serviços, basicamente é um tipo de profissional que ac aba oferecendo seus serviços para diversos clientes, sem nenhum compromisso ou uma relação de trabalho mais duradoura.

Freelancer: como preparar uma transição para uma empresa formal?

A diferenciação destas figuras acabou se tornando mais e vidente a partir da consolidação das leis trabalhistas em diversos países, incluindo o Brasil. Ao mesmo tempo que a carteira de trabalho assinada acabou garantindo uma série de vantagens e direitos para os trabalhadores, também acabou consolidando uma série de obrigações.

Hoje em dia a palavra freelancer está mais relacionada aos profissionais que prestam determinados serviços para clientes, abrindo mão de direitos como férias, décimo terceiro, dentre outros. Mas eles também acabam trabalhando diante dentro de um cenário visto, por alguns, como vantagem, tais como uma maior liberdade e a possibilidade de ganhar mais dinheiro.

Mesmo que seja um tipo de prestação de serviço interessante, especialmente nos dias de hoje e com todas as oportunidades de trabalho que a internet e a tecnologia de uma forma geral trouxe, muitos freelancers, em determinado momento, acabam sentindo a necessidade de transformar essa prestação de serviços em um negócio.

Para quem está nesta situação, confira algumas dicas voltadas aos freelancers que desejam se tornar empresários:

Trabalhe a partir das habilidades identificadas

Antes de mais nada, é muito importante que os profissionais identifiquem suas habilidades e também suas paixões. E isso pode ser feito justamente durante o período no qual os profissionais trabalham como freelancer, momento que eles podem se concentrar nas suas atividades profissionais, sem precisar se preocupar com outras atividades que estão inerentes a administração ou a gestão de um negócio mais completo.

Construa uma marca

Um outro passo muito importante para um freelancer, especialmente aqueles que desejam iniciar um negócio completo a partir destas atividades, é construir uma marca pessoal. Tanto os freelancers quanto os empresários precisam tornar o seu negócio conhecido, justamente para conseguir captar novos clientes. Quando o freelancer conseguir se tornar conhecido pela oferta do seu serviço, essa marca pode acabar se transformando em uma empresa.

Amplie a gama de ofertas

É muito comum que os freelancers se concentram na oferta de uma gama específica e restrita de serviços. Afinal de contas, estamos falando de um profissional que trabalha por conta própria e que precisa se comprometer com a entrega das demandas acima de tudo.

Mas, a partir do momento que este freelancer quer se transformar em um empresário, existe a necessidade de expandir o negócio de uma forma geral. E isso passa, em muitos casos, por um aumento na gama de produtos ou de serviços oferecidos. Desta forma ele terá uma maior possibilidade de conseguir conquistar novos clientes.

Regularize sua empresa

Uma das grandes diferenças de trabalhar como um freelancer ou como um empresário acaba sendo justamente regularizar o negócio. Este pode acabar se tornando um dos fatores que mais assusta essas pessoas, mas mesmo diante de toda burocracia, ter uma empresa regularizada também traz uma série de vantagens, como a possibilidade de obtenção de crédito para expansão do negócio, participação de licitações, dentre outros.

A regularização da empresa, na grande maioria dos casos, deverá ser feita a partir da assessoria ou dos serviços prestados de profissionais do ramo da contabilidade.

Contrate as pessoas

De nada adianta migrar da atividade como um freelancer para uma empresa formalizada sem mudar o estilo de negócios. O freelancer acaba ficando limitado, especialmente em termos de tempo, em relação a quantidade de projetos e trabalhos que eles podem fazer. Uma empresa permite a expansão deste negócio, mas isso vai acontecer somente a partir da ajuda de outras pessoas.

Por isso, uma empresa necessita de colaboradores, até mesmo para que o empresário consiga se concentrar em outras questões da empresa, saindo um pouco do desenvolvimento e das entregas em si.

Construa um plano de negócios

Todo este caminho pode ser construído de uma forma mais segura e efetiva a partir da criação de um plano de negócios. Esta é uma ferramenta que se utiliza de diversas outras ferramentas de áreas como administração, gestão, finanças e marketing, que descreve o caminho que será trilhado.

Existem diversas entidades que ajudam na construção destes planos de negócios, inclusive oferecendo assessorias que ajudam os profissionais para que eles se preparem melhor para a empreitada. Além disso, também existem cursos livres que ajudam neste processo também.

ESCRITO POR: Rodrigo Duarte - Jornalista formado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), com especialização em Marketing Digital.
Faça login
ou
Criar conta
ou
Recuperar acesso

Informe o seu e-mail para que possamos enviar novas instruções de acesso.